João Batista Silva
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Mulher, Tudo Que Tem
Mulher, tudo que tem,
Não é de ninguém.
A mim não pertence!
Sou um Galileu.
A sofrer de paixão.

Nesse mundo gigante,
Que não perde um instante...
A cobrar suas dívidas,
Entregar nossas vidas!

E que vidas são essas?
Que alegram as festas...
Que não falta ninguém,
Para dizer meu bem.

Como amo você também.
Sempre foi assim.
Quem não samba...
Dança!
É esperança de vida,
De vontade e alegria,

Da noite e do dia.
No banco não fica.
É fogo nos pés,
O sabor do café,
O mel que tomou,
O abraço que ganhou.

É sempre assim...
Esperando por um fim...
Até quando...?
Não sei!

Mulher da saudade,
Do carinho e da amizade.
A vontade de viver,
De amar!
De sambar!

No seu coração,
Vai ficar...
É a estrela que brilha,
A fome, a sede.

A ilusão que brota,
De um amor,
Que permanece,
Enquanto muitos padecem,
Por não ter a quem amar.
João Batista Silva
Enviado por João Batista Silva em 28/02/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Retirado do Livro "As Aventuras de Uma Paixão, autoria de João Batista Silva, páginas 88 e 89, inserido no texto Mulher que Samba.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras